quarta-feira, 18 de maio de 2011

“Eu transito, você congestiona”


Com o crescimento econômico as pessoas passam a ter mais dinheiro e automaticamente, mais condições de adquirir um carro, símbolo de poder e de status mais elevado, possuir um carro é um dos maiores desejos de consumo da nossa sociedade.





Veja o que diz Luã Gabriel sobre este tema em seu blog:
“É muito difícil alguém assumir que deseja um automóvel por status. Existem algumas justificativas comuns. Uns justificam como necessidade, principalmente pela precariedade do sistema de transporte público. Com relação ao sistema de transporte público, até concordo, mas, será que a maioria realmente só almeja um automóvel por esta ‘necessidade’? Outra justificativa muito comum diz respeito à autonomia do indivíduo no ‘ir e vir’, como se esta condição estivesse associada ao fato de possuir ou não veículo. Quer dizer que o cidadão que não possui um veículo está condicionado a não sair?”

"Pateta no Trânsito"


“É justamente pelo automóvel ser tão desejado e por representar status, que o indivíduo quando o tem transforma-se num refém do veículo. É como se o carro passasse a dar ordens ao indivíduo, ao invés do contrário. Tanto é verdade que percebemos muitos casos da dedicação de seus proprietários, com relação aos seus automóveis. Compra de novos acessórios, equipamentos, sacrificar a metade de um dia por aguardar a lavagem do seu carro. Inclusive este ultimo exemplo é um magnífico paradoxo com relação à justificativa da autonomia. Deixar de viver algumas horas de lazer com família ou amigos, para aguardar a lavagem do seu ‘bem precioso’.”

Já quanto as ciclovias e a utilização das bicicletas como alternativa de transporte nas pequenas, médias e grande cidades... vejam por vocês mesmo o vídeo produzido pelo pessoal do SOS Ciclovias  Aracaju – Sergipe – Brasil:


This is a video made for a cycle path campaign in Aracaju - Sergipe - Brazil.
In this video, a lot of diferents people response the same question "why the bicycle?"


Nenhum comentário: